Usuários de ônibus são prejudicados com greve dos motoristas em Imperatriz

quarta-feira, 10 de junho de 2015

Os usuários de transporte coletivo de Imperatriz reclamam da greve e buscam alternativas para irem e voltarem de suas casas e trabalhos. Aqueles que mais dependem dos ônibus estão sofrendo, pois a quantidade mínima de 30% da frota que deveria estar circulando não está sendo respeitada, segundo eles.
O Terminal da Integral, que, geralmente, está sempre cheio, passou a manhã inteira vazio. Nas paradas de ônibus onde ainda existem pessoas esperando, a esperança mesmo são as vans, que são um transporte tido como irregular.
A paralisação
Na manhã desta quarta-feira (10), os trabalhadores cumpriram a ameaça e paralisaram 70% da frota do transporte coletivo de passageiros. A categoria aguarda uma resposta das empresas e não descarta deflagrar greve por tempo indeterminado.
De acordo com o presidente o Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviários de Imperatriz, Oliveira Silva Lima, a categoria pediu um reajuste de 20% nos salários, o que foi negado pelas empresas.
A empresa, por sua vez, afirma que não tem como atender às exigências dos trabalhadores.
“Hoje, a empresa não tem condições de oferecer nenhum aumento para a categoria, visto que houve diversos aumentos não últimos meses. O que a gente tem a oferecer a categoria, a gente já ofereceu, mas a categoria recusou. No entanto, vamos manter o diálogo para evitar essa greve”, disse o diretor da VBL, Denis Policarpo.
Compartilhar esta notícia :
 
Produzido por Dicamax Tecnologia e Comunicação | Portfólio | Serviços
Copyright © 2014. Blog do Jhivago Sales - Todos os Direitos Reservados
Entre em contato conosco para críticas e sugestões
Ficamos muito felizes com sua visita