Vereadores pedem providências para evitar novos acidentes, inclusive com vítimas fatais nos principais cruzamentos de Imperatriz

quinta-feira, 18 de junho de 2015

O aumento de ocorrências de acidentes de trânsito, inclusive com vítimas fatais nestas últimas semanas na Avenida Santa Tereza, tem causado preocupação aos motoristas que diariamente utilizam a via que interliga a rua XV de Novembro, na Beira-rio, a BR-010, no Entroncamento.

O vereador Rildo de Oliveira Amaral (SD) observa que faz muita diferença a utilização de uma sinalização descente no trânsito, pois oferece mais segurança aos motoristas e reduz os números de acidentes nas vias urbanas de Imperatriz.

Ele considera que o ponto de maior velocidade na Avenida Santa Tereza fica no cruzamento com a rua Simplício Moreira, porém sem registro de acidentes desde que a Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (Setran) implantou tachões e reforçou a sinalização vertical e horizontal.

“Não é possível que vários pais de família continuem morrendo nesta avenida, sob o argumento que o problema é apenas educacional, embora que com a educação que estão impondo não está sendo suficiente para solucionar esse problema o jeito é coibir o excesso de velocidade instalando redutores na Santa Tereza”, propôs ele.

O vereador Raimundo Roma (PSL) entende que é importante reforçar a sinalização em todos os cruzamentos da Avenida Santa Tereza, inclusive com a instalação de redutores de velocidade, medida que reduziria os acidentes e a quantidade de pacientes internados no setor de ortopedia do Hospital Municipal de Imperatriz (HMI), o Socorrão.

Ele assegura que sai mais barato para o município investir na melhoria da sinalização que custear o tratamento de pacientes que foram vítimas de acidentes de trânsito, evitando mortes como no caso do investigador da Polícia Civil, Guilherme Vilela.

“Depois que foi instalado um conjunto semafórico no cruzamento das ruas Bom Futuro com a Sousa Lima, e reforçada a sinalização no cruzamento das ruas Bom Futuro, com a Piauí, colocando uma grande placa de parada obrigatória --semelhante às das BRs-- e o reforço da pintura no chão chegou quase a zero os acidentes de trânsito nestes dois cruzamentos”, exemplificou.

O vereador Fidelis Uchoa (PRB) também lamenta o aumento das estatísticas de acidentes de trânsito com vítimas fatais e sugere a realização de um estudo elaborado por um Engenheiro de Trânsito para viabilizar a implantação de um projeto semelhante aos grandes centros urbanos. “O secretário cabo J. Ribamar literalmente não entende de trânsito, pois não estudou para ser um Engenheiro de Trânsito – é preciso ter uma formação para cuidar dessa área”, asseverou.
Compartilhar esta notícia :
 
Produzido por Dicamax Tecnologia e Comunicação | Portfólio | Serviços
Copyright © 2014. Blog do Jhivago Sales - Todos os Direitos Reservados
Entre em contato conosco para críticas e sugestões
Ficamos muito felizes com sua visita