Câmara Municipal derruba veto do executivo que impedia serviço de táxi-lotação em Imperatriz

quinta-feira, 22 de agosto de 2019


Aconteceu na manhã desta quinta (22), única discussão e votação, do veto total do prefeito Assis Ramos à lei ordinária nº 1788/2019 que cria o serviço de taxi-lotação no município de Imperatriz.

A matéria, de autoria dos vereadores Chiquim da Diferro (PSB) e João Silva (PRB) foi aprovada no dia 26 de junho, na última sessão antes do recesso parlamentar, com parecer favorável das comissões de Constituição, Justiça e Redação (CCJ) e de Obras e Serviços Públicos.

O serviço já existe há muito tempo na cidade, mas não é regulamentado, o que o torna ilegal, clandestino e provoca apreensões constantes de veículos e multas por parte da Secretaria de Trânsito e Transporte (Setran).

Os vereadores seguiram o parecer das Comissões que atestou a inconstitucionalidade do veto. Para que o veto fosse derrubado, os legisladores precisavam votar sim para sua extinção, e não para sua manutenção. A votação foi secreta com urna e votos sem identificação. Para derrubada do veto era necessária a maioria absoluta, ou seja, 11 votos (metade mais um).

Discussão

João Silva defendeu a derrubada do veto, e esclareceu que o prefeito Assis Ramos queira sim que a lei fosse sancionada, mas que houve uma recomendação do Ministério Público para que o projeto fosse vetado. “Vamos derrubar esse veto para que os taxistas possam trabalhar livremente. Pagam impostos e são de Imperatriz. se o veto for derrubado, a lei será promulgada ainda hoje, publicada amanhã e já estará valendo. A categoria se tornará legal e ira parar de ser perseguida. É um trabalho útil, necessário e dizemos sim aos taxis-lotação. Estamos do lado de vocês”.

Ditola (Patriota) disse que o prefeito vetou porque não tem compromisso. Fala uma coisa de manhã e a tarde muda. “O veto vai ser derrubado, mas o prefeito deveria cumprir com seus compromissos, promessas que fez aos taxistas. Saberemos se ele tem vontade que o serviço exista só se o procurador não entrar contra, como fez outras vezes”.

Bebé Taxista (Patriota) quer ver o projeto ser aprovado e o serviço regulamentado. Assumiu que o prefeito não tem perseguido a classe, e tem deixado os profissionais trabalharem. “Eu entendo que ele tem sim essa vontade, queria sancionar a lei, mas foi pressionado pelo MP. Vamos realizar o sonho desses pais de família, pra que possam trabalhar com dignidade”.

Chiquim da Diferro, o autor e relator do projeto pediu o apoio de todos os vereadores e também reiterou o interesse do prefeito de sancionar a lei, só não o fez por recomendação do MP.

Zesiel (PSDB) se mostrou a favorável ao veto, pois acredita que estudantes, idosos, grávidas e deficientes não serão favorecidas com isso. “Táxi-lotação não cobra meia passagem a essas classes e eu não concordo”.

José Carlos (Patriota) disse que a busca da sobrevivência do ser humano e a mudança natural das coisas, faz as pessoas terem que se adaptar. Lembrou que Mototaxis, Ubers e outros transportes não quebraram o transporte público em lugar nenhum do Brasil. “O que estamos fazendo, alem de ajudar os profissionais, é dando o direito de livre escolha dos passageiros e meios para que essa classe possa trabalhar”.

Carlos Hermes (PCdoB) esclareceu que já pensou como Zesiel, mas que após analise tem mudado sua opinião: “se quatro estudantes se juntarem e dividirem um taxi-lotação ainda fica mais em conta que o coletivo, então não prejudica estudantes, na verdade dá mais uma opção. voto pela derrubada do veto do prefeito”.

Pedro Gomes (PSC) afirmou que taxi lotação sempre existiu, a Câmara agora ira apenas regulamentar e organizar o serviço. “Estudantes, idosos, deficientes e outros continuarão usando os coletivos, por isso sou contra o veto”

Adelino (Solidariedade) entende que o taxi lotação é necessário, pois a classe está massacrada, merece poder trabalhar com tranquilidade e por isso é a favor da derrubada do veto.

Fabio Hernandez (PSC) lembrou das lutas dos táxis lotação desde a gestão passada. Parabenizou a classe e afirmou que jamais votaria contra eles.

Ricardo Seidel “se é pra gerar emprego e melhorar a mobilidade urbana do município eu voto sim pela queda do veto”.

Adhemar Freitas Jr (PSC) informou que se o executivo quiser aprovar ou vetar, vai fazer como lhe aprouver e que não existe isso de intenção diferente. “O MP recomenda, os poderes executivo e legislativo existem para decidir. Que todos votem com suas consciências, mas o taxi-lotação já existe e já funciona, o que vamos acabar hoje é com a perseguição”.

Votação

Com 02 as ausências por problema de saúde, foram 19 votantes. Por 16 votos a favor e 03 contra foi derrubado o veto do prefeito. Está criado e segue agora para regulamentação o serviço de táxi-lotação que será promulgado e publicado imediatamente. “Foi rejeitado o veto e agora está legalizada a profissão dos taxistas lotação de Imperatriz. Irei promulgar imediatamente e mandar publicar”, comunicou o presidente José Carlos.

Prefeito Dr. Nelson Horácio reafirma parceria com o Governo do Estado

O prefeito de Porto Franco, Dr. Nelson Horácio se reuniu nesta quarta-feira, 21, em São Luís, com o secretário de Estado da Infraestrutura, Clayton Noleto, para reafirmar a parceria do Munícipio com o Governo do Estado. O objetivo do gestor é viabilizar verbas que irão beneficiar ainda a cidade e seu desenvolvimento.
“Na reunião, tratamos de assuntos relevantes para o município de Porto Franco, e reafirmamos parceria com o Governo do Estado”, ressaltou Dr. Nelson, acrescentado que fez questão de agradecer ao secretário, pela segunda etapa do Mais Asfalto.
Nelson Horácio aproveitou a oportunidade para solicitar a Clayton Noleto mais uma vez, o asfaltamento do Bairro Alto Bonito e do povoado Coite, além de pedir a conclusão da ponte do Rio Flores. “São obras que já haviam sido garantidas pelo Governador Flávio Dino anteriormente”, reforça o prefeito.
O desejo do gestor municipal é que “cada dia possamos encontrar confiança, coragem, força de vontade e muita fé em Deus, para conseguir alcançar nossos objetivos, no sentido de faremos de nossa cidade um lugar cada vez melhor”, finalizou Dr. Nelson Horário.  

Bolsonaro elogia Hildo pelo parecer do acordo Brasil/EUA


O acordo que foi assinado no mês de março deste ano, em Washington, pelos presidentes Jair Bolsonaro e Donald Trump, foi aprovado ontem na Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional, com base no relatório do deputado Hildo Rocha. O acordo prevê que o governo do Brasil garanta a segurança dos produtos com patentes norte-americanas que estejam em aeronaves espaciais que serão lançadas a partir da base espacial de Alcântara.

Em pronunciamento na Sessão plenária, após a aprovação do relatório do deputado Hildo Rocha, o deputado Eduardo Bolsonaro, presidente da Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional, destacou a atuação do parlamentar maranhense na relatoria do acordo.

Segundo Bolsonaro, o relatório feito pelo deputado Hildo Rocha foi determinante no resultado dos trabalhos. Eduardo Bolsonaro também agradeceu os deputados da base de apoio ao governo que deram todo o apoio necessário para aprovação do acordo na comissão que ele preside.

“Parabéns para vossa excelência, deputado Hildo Rocha, Vossa Excelência fez um relatório brilhante. Parabenizo também aos outros colegas que foram fiéis, chegaram cedo na Comissão de Relações Exteriores, venceram o kit obstrução e, com muita paciência, conseguiram resguardar a soberania do Brasil. Quem sabe agora Alcântara venha a ter o mesmo desenvolvimento que a cidade de Kourou, na Guiana Francesa, que em função do seu centro de lançamento é a cidade com a maior renda per capta da América Latina, superior a 26 mil dólares. Então, o seu nome, deputado Hildo Rocha, fica na história dessa casa como sendo o relator dessa matéria. Parabéns deputado Hildo Rocha”, destacou Eduardo Bolsonaro.

O presidente da comissão, deputado Eduardo Bolsonaro (PSL/SP) comemorou a aprovação e destacou que os votos favoráveis de deputados da oposição (PSB, PDT e PcdoB) é uma comprovação de que o projeto é bom.

“É bom para o Maranhão, para o desenvolvimento da região, é bom para os cofres públicos, é bom para a tecnologia nacional e é bom para os quilombolas que habitam a região. Ninguém quer privilegiar os Estados Unidos. Eles querem apenas resguardar seus segredos tecnológicos e não existe qualquer risco para a soberania nacional. A soberania nacional corre risco se nós continuarmos na dependência de outros países para lançarmos nossos satélites”, destacou o parlamentar.

O relator, deputado Hildo Rocha, enfatizou que o acordo beneficia o Brasil e o Maranhão e não fere a soberania nacional. “O acordo vai permitir que a base se viabilize, é bom para o Brasil e para o Maranhão e não fere a soberania nacional. Pelo contrário: permite soberania na área de tecnologia espacial. A base de Alcântara só se viabiliza se o acordo for convalidado pelo Congresso Nacional e o nosso papel é convalidar o acordo firmado entre os presidentes Donald Trump, dos Estados Unidos e Jair Bolsonaro, do Brasil”, argumentou Hildo Rocha.

Rocha enfatizou que o acordo irá fazer com que o Centro de Lançamento de Alcântara passe a gerar recursos para o tesouro nacional. “O governo brasileiro já investiu mais de R$ 1 bilhão de reais na implantação da base de Alcântara. Portanto, é indispensável que o acordo seja efetivado para que a população sinta os resultados desses investimentos”, destacou.

O acordo, assinado em 18 de março em Washington pelos presidentes dos Estados Unidos e do Brasil, Donald Trump e Jair Bolsonaro, foi aprovado por ampla maioria: 21 votos favoráveis. Apenas seis parlamentares votaram contra.

“Quase todos os componentes tecnológicos contidos nos foguetes, pelo menos 80%, são patentes americanas. O acordo visa apenas resguardar essas patentes para que elas não sejam pirateadas”, explicou Hildo Rocha.

O acordo ainda precisa ser aprovado pelo Plenário da Câmara e pelo Senado Federal.

Senadora Eliziane pede que PF apure denúncia de Bolsonaro


A senadora Eliziane Gama (Cidadania-MA) criticou, nas redes sociais, a postura do presidente da República Jair Bolsonaro (PSL) em relação à situação da Amazônia.

Segundo Eliziane, o presidente deveria agir com firmeza, mas prefere se esconder atrás de “sandices” e “fakes”

“A Amazônia está sob ataque, poluidores se sentem à vontade para desmatar e queimar a floresta. É inconcebível que a presidência da República ao invés de agir com firmeza contra as queimadas se esconda atrás de sandices e fakes. A Amazônia é vital para o Brasil e vital pra o mundo”, destacou.

Eliziane disse que pediu à Polícia Federal que apure a denúncia feita pelo presidente Jair Bolsonaro.

“Encaminhei ofício à Polícia Federal para que abra inquérito sobre denúncia feita por Bolsonaro de que ONGs internacionais em conluio com governadores, estariam por trás de queimadas na Amazônia. Essa grave acusação precisa de uma resposta oficial das instituições”, afirmou.

Quem também se manifestou sobre o assunto nas redes sociais foi o governador Flávio Dino (PCdoB).

“Quanto à Amazônia, o melhor modo de defender a sagrada soberania nacional é garantir o cumprimento das leis ambientais. É isso que nos dará autoridade moral perante outros países. E não desnecessárias palavras de prepotência e grosseria”, disse.

“Além da grave questão ambiental, de alta relevância para a humanidade, cumprir as leis na Amazônia significa proteger a economia do Brasil contra sanções internacionais. Nossos produtores precisam dos mercados de outros países e por isso devemos dialogar pelos canais diplomáticos”, finalizou.

Prefeito de Açailândia alega problemas de saúde e renuncia o cargo


O prefeito de Açailândia, Juscelino Oliveira (PCdoB) renunciou ao cargo por motivos de saúde.

Com a renúncia de Juscelino, o município será comandado pelo vice-prefeito, Aluísio Sousa (SD).

Exames de coração detectaram 74% de o prefeito ter um infarto ou AVC. Confira a carta de renúncia enviada à Câmara Municipal.




Prefeitura revitaliza praça, constrói ponte de concreto e asfalta rua no grande Vitória, em Imperatriz

quarta-feira, 21 de agosto de 2019

A revitalização da praça do conjunto Habitar Brasil II, situado na Rua Coletora II, no grande Vitória, contempla serviços como meio-fio, pavimentação em bloquetes, bancos, jardins e iluminação de LED. A obra é executada com recursos do Tesouro Municipal da Prefeitura de Imperatriz, por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos, Sinfra.

De acordo com o fiscal de obras, Antônio Bonfim, trabalho avança com o assentamento de bloquetes e a colocação de meios-fios, transformando o paisagismo do local cercado por árvores em um espaço de lazer e entretenimento às famílias do Habitar Brasil II.

A vendedora Luciene Araújo, que há 15 anos reside no bairro, vê com expectativa a obra de revitalização da praça, antigo anseio dos moradores que preservam o local, evitando o acúmulo de mato e resíduos. “Essa área não tinha nenhum benefício, somente essas árvores, mas com esse bloqueteamento da praça, vai ficar tudo mais bonito”, afirma.

Luzardina Pereira, que vende café da manhã anexo a UBS Osmarina Noleto, destaca a importância do trabalho realizado pela gestão do prefeito Assis Ramos que busca revitalizar os espaços públicos, transformando-os em locais de convívio social, principalmente para os jovens e adultos que poderão usufruir da nova área de lazer do Habitar Brasil. “Essa área da praça é escura, mas será totalmente iluminada depois de concluída essa obra, contribuindo não somente para o lazer, mas para a segurança dos moradores circunvizinhos”, disse ela, que entende que “este será o novo local de encontro das famílias do bairro que terão um espaço digno de lazer”.

Além da construção da praça, o secretário de Infraestrutura, Zigomar Filho, destaca que o prefeito Assis Ramos viabilizou obras de pavimentação, meios-fios e drenagem superficial da Rua “i”, ligando as ruas coletoras II e III, no grande Vitória. “Essa é mais uma obra que será entregue pelo prefeito Assis à comunidade desta região, proporcionando bem-estar e qualidade de vida”, acrescenta.

Vila Vitória

Ele disse ainda que o município está construindo uma ponte de concreto [vigas pré-moldadas] na Rua 4, Vila Vitória, que permitirá o acesso de veículos e pedestres ao bairro, interligando até a BR-010, contribuindo para melhoria da mobilidade urbana no grande Vitória.

Jovem confessa que matou padre para roubar, em Imperatriz

O padre da Igreja Ortodoxa do Brasil, sediada em Imperatriz, Nilson Vieira da Silva, 78 anos, foi vítima de latrocínio (roubo seguido de morte), fato ocorrido sábado (17). O corpo do religioso, irmão do advogado Dr. Oziel Vieira, foi achado em sua casa, na Rua Gumercindo Milhomem, bairro Ouro Verde, em Imperatriz. 

De acordo com o que foi diagnosticado pelo Instituto Médico Legal-IML, o padre Nilson Vieira da Silva, foi espancado, recebeu golpes na cabeça, na face e sofreu Traumatismo Crânio Encefálico (TCE), que o levou à morte. O crime revoltou a população da região Tocantina.

Logo após ficarem sabendo do crime, policiais civis entraram em cena, iniciaram investigações e chegaram a um dos suspeitos do crime, que foi identificado por Wesley Lucas Costa Moreira, 22 anos, que confessou o crime, friamente, como se nada tivesse ocorrido.

Roubo e Morte

Wesley foi autuado por latrocínio. O outro envolvido no crime, identificado apenas como Mateus, de 19 anos, está sendo procurado. Os dois, que teriam chegado ao local em uma motocicleta, subtraíram vários objetos da casa do padre, depois que o espancaram até a morte.

Wesley Lucas Costa Moreira já se encontra na Unidade Prisional de Ressocialização de Imperatriz à disposição da justiça. Latrocínio é considerado crime hediondo, é julgado pelo juízo singular e quem o comete pode pegar até 28 anos de cadeia, em regime fechado.

Deu no Blog do Lobão

Zé Carlos "Pé de Pato" recebe apoios a sua pré-candidatura a prefeito de Imperatriz

Pré-candidato a prefeito de Imperatriz, o presidente da Câmara Municipal, Zé Carlos Soares, mantém uma agenda de compromissos diários, no final da tarde e à noite, com entidades de classe, igrejas, organizações sociais, clubes de esporte amador e lideranças comunitárias.

A estratégia é buscar apoios na base da sociedade. “Hoje ampliamos nosso universo de colaboradores, desde os jovens líderes que estão surgindo na política local aos que já têm uma história construída na disputa de pleitos eleitorais e que ainda hoje servem de exemplos de luta para as comunidades dos bairros”, declara o presidente. 
 
Nesta quarta-feira (21), Zé Carlos recebeu o apoio do líder comunitário Pedro Ambrósio dos Santos, um dos fundadores da mais representativa associação de moradores de Imperatriz, a Fumbearti, Federação das Uniões de Moradores de Bairros e Entidades Afins de Imperatriz.  Pedro Ambrósio disputou eleições para vereador, sempre com expressiva votação, disseminou a semente de outras associações de moradores e fundou a rádio comunitária FM Maranhão do Sul. É um grande líder da região do Bonsucesso.

Também nesta semana, o presidente da Câmara recebeu o apoio de dona Maria da Farmácia, ativista do movimento comunitário na região do Mercadinho.


Governo do Estado “ocupa” 25% dos leitos e inviabiliza atendimentos no Socorrão de Imperatriz

A paralisação, por parte do estado, de serviços vitais no sistema de saúde pública, está sufocando o Hospital Municipal de Imperatriz, o Socorrão. Na última segunda-feira, 19, eram quase 25% dos leitos das enfermarias do único centro regional de urgência e emergência ocupados por pacientes que não deveriam estar ali.


Por falta de funcionamento de etapas que são da conta do Governo do Maranhão, dezenas de doentes formam uma espécie de dolorosa fila do desespero e ainda impossibilitam o acolhimento de outros pacientes.

Na segunda-feira, nove leitos do HMI estavam ocupados por pacientes já indicados para o TFD, Tratamento Fora de Domicílio, que nas regras da pactuação do SUS, Serviço Único de Saúde, dependem de especializações que não existem em Imperatriz, e já eram para estar em São Luís. Isso não ocorre porque a secretaria de Saúde do Estado não providencia o deslocamento e nem abre vagas das unidades da capital.

Tem paciente em leito do HMI há cinco meses, esperando transferência.

A direção do Socorrão não pode precisar quantos doentes, em condições menos emergenciais estão em casa, vítimas da mesma situação, e que vez por outra precisam ser acolhidos pelo HMI, ainda que temporariamente. Estima-se que pelo menos 50 pacientes aguardam o TFD do Estado, em suas residências.

Conta maior gerada pelo Estado para o Município se dá pela suspensão do atendimento, por parte do Hospital São Rafael, que reclama atrasos de até sete meses para receber pelos serviços prestados ao Governo do Maranhão. São procedimentos da hemodinâmica, indispensáveis para o tratamento de pacientes cardíacos graves. Ontem, eram 23 os doentes dessa categoria perdendo tempo e vendo agravar-se o estado de saúde.

Outra fatura pesada para o Socorrão (com desdobramentos na ocupação de leitos que poderiam acolher outros doentes) é a redução de ofertas das UTI’s. Do município, funcionam integralmente os 20 leitos de adultos e os 10 de crianças, mas, dos contratados pelo Estado, com recursos que são de Imperatriz, dos 15 leitos do Hospital da Unimed, nem todos acolhem pacientes dos SUS (a média dos últimos meses é de dez ocupações por mês).

Antes, esse 15 leitos eram 20, mas 5 deles, que permanecem na conta de Imperatriz, foram transferidos pelo Governo para a capital, São Luís.


Situação na manhã do dia 20/08:
01
Pacientes à espera do Tratamento Fora do Domicílio (TDF)
9
02
Pacientes à espera de exames e procedimentos da HEMODINÂMICA
23
03
Pacientes GRAVES, MUITO GRAVES e GRAVÍSSIMOS, na fila da UTI
23

Total de leitos “interditados”, no Socorrão
55
Deu no Blog do Marco D'eça

Obra da orla de Porto Franco segue a todo vapor e a oposição tentando impedir na justiça o novo cartão postal da cidade


É impressionante como são os políticos ou os péssimos políticos, que colocam os seus interesses pessoais acima dos interesses da coletividade. Em Porto Franco, por exemplo, o grupo do ex-prefeito, Deoclides Macedo, entrou na Justiça para suspender as obras de reconstrução da nova Orla da Beira-Rio, executada pela gestão Nelson Horácio.

Querem a todo custo impedir o desenvolvimento da cidade, isso porque dá destaque ao atual prefeito. O que conseguiram foi apenas uma avalanche de críticas. Não conseguiram barrar a obra, que aliás, segue a todo valor. Está cada dia mais feio para o grupo 12, que afundou de vez e já faz tempo. Pior, os Macedos nem perceberam!

Nova Orla

A nova Orla é um projeto inovador e futurista que dará uma bela visão para a Beira-Rio. A obra é um sonho da população porto-franquina. Após concluída, a Orla deverá alavancar o turismo e a movimentação de visitantes na Beira-Rio, e consequentemente, vai ajudar a girar a economia local.

A obra é resultado de emendas parlamentar destinada pelo deputado federal, Hildo Rocha, que junto com o prefeito Dr. Nelson Horácio tem reconstrído Porto Franco. São várias obras em andamento, graças a emendas de Hildo. 

Hildo Rocha defende acordo com Estados Unidos que beneficia maranhenses

O deputado Hildo Rocha, relator do Acordo de Salvaguardas Tecnológicas entre Brasil e EUA, para uso comercial do Centro de Lançamento de Alcântara, utilizou a tribuna da Câmara, mais uma vez, para defender a aprovação imediata do acordo que está pautado para hoje, no âmbito da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CREDN).

“O acordo é muito bom para Brasil e para o Maranhão porque vai criar condições para a geração de empregos de mão de obra qualificada com salários relativamente altos. Com esse acordo, o governo do Maranhão receberá tributos bastante significativo. A prefeitura de Alcântara também receberá um aumento enorme na sua arrecadação tributária. A economia da baixada maranhense ganhará um reforço extraordinário. Ficar atrasando a aprovação desse acordo na Câmara é prejuízo certo para os maranhenses”, argumentou o parlamentar.

Mão de obra qualificada

Rocha destacou que a bancada federal maranhense destinou recursos federais, oriundos de emendas impositivas, para a implantação de cursos superiores de engenharia aeroespacial por meio de parceria entre o Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), instituição universitária pública ligada ao Comando da Aeronáutica (COMAER) de São José dos Campos, especializado nas áreas de ciência e tecnologia no setor aeroespacial e a Universidade Federal do Maranhão (UFMA).

“Muito se fala em modernização e avanço tecnológico. Esse acordo, entre o Brasil e os Estados Unidos da América (EUA), irá proporcionar ao Brasil as condições para que o país possa finalmente ingressar no seleto grupo de países que detém tecnologia aeroespacial”, disse o relator do AST.

Objetivo é garantir a segurança das patentes


Hildo Rocha destacou que a finalidade essencial do acordo é garantir que a tecnologia de patente pertencente aos EUA não seja pirateada. “Aproximadamente 80% dos componentes de foguetes tem patentes americanas. O Acordo de Salvaguardas Tecnológicas (AST) tem como finalidade essencial apenas garantir a segurança a fim de que tais componentes não sejam filmados, fotografados nem copiados. Logicamente, para que isso não ocorra é necessário se cercar de medidas para que seja dada a devida segurança”, explicou o deputado.

Validação do acordo

Rocha explicou ainda que o governo dos Estados Unidos da América só permite que uma base de lançamento realize operações com veículos lançadores de foguetes que tenham componentes de patente americana mediante o acordo nos moldes do que foi firmado entre os presidentes Jair Bolsonaro, do Brasil e Donald Trump, dos EUA.

“A nossa Constituição Federal é bastante clara quando diz que acordos entre dois países tem que ser assinado pelos seus representantes legais. Mas é necessário que seja ratificado, que seja convalidado, pelo Congresso Nacional, sendo que o primeiro passo é a aprovação do acordo na Comissão de Relações Exteriores que tem inclusive a incumbência de confeccionar o Decreto Legislativo”, explanou.

Aprovação imediata

O relator foi enfático ao defender a aprovação do acordo, no âmbito da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CREDN) ainda este mês.

“Nós estamos com uma grande responsabilidade de aprovar o AST ainda este mês. Fui designado pelo presidente da Comissão, Eduardo Bolsonaro, para relatar o acordo que é fundamental para o desenvolvimento tecnológico do nosso país e para a geração de divisas. Esse acordo irá fazer com que o Centro de Lançamento de Alcântara (CLA) passe a funcionar plenamente, vai fazer com que deixe de gerar apenas despesas para se tornar autossustentável e vetor do nosso desenvolvimento tecnológico”, afirmou Hildo Rocha.


PRF apreende carregamento de droga na BR-010, em Estreito

A Polícia Rodoviária Federal, prendeu um carregamento de drogas nesta terça-feira (20), por volta das 23h25, ao abordarem um veículo VW/ Saveiro de cor branca, em Estreito. Durante a abordagem o condutor apresentou diversas contradições em suas falas o que levantou a suspeita dos policias. 

Ao revistar o interior do veículo, foi encontrado debaixo do banco do passageiro, enrolado em uma calça, 7 pacotes de substância análoga à cocaína com aproximadamente 1 kg cada um. Diante de tal flagrante, foi levantada a suspeita que mais entorpecente poderia estar escondido no veículo. 

Os policiais solicitaram apoio ao canil da Polícia Militar de Estreito que, com a ajuda do K-9, foram localizados mais 42 tabletes de substância análoga a maconha com 1 kg cada um escondidos nos forros da porta e dentro da lataria da tampa traseira. Durante busca pessoal ao condutor, também foi localizado em sua posse 21 comprimidos de anfetamina.

Condutor e entorpecentes foram apresentados no plantão central da Polícia Civil em Imperatriz.

Fonte: PRF

Colisão entre dois caminhões deixa uma pessoa gravemente ferida na BR 010, em Açailândia

terça-feira, 20 de agosto de 2019


Um grave acidente envolvendo dois caminhões foi registrado na manhã desta terça-feira (20), na BR-010, em Açailândia, deixando uma vítima gravemente ferida.

A colisão aconteceu há 7km, da rotatória da cidade onde uma carreta Volvo de cor branca transitava no sentido crescente da rodovia (Imperatriz/Açailândia), no limite da velocidade regulamentar para o local, quando foi surpreendida com fila de veículos devido serviço de PARE/SIGA do DNIT, tentou frear mas colidiu com a traseira de um caminhão que transportava uma pá carregadeira na carroceria.

O condutor da carreta Volvo, um senhor de 67 anos, foi socorrido pelo SAMU, após auxílio da PRF, e levado para Hospital Municipal de Açailândia.

A via estava com sinalização precária e em manutenção. Os dois condutores realizaram teste de alcoolemia com resultado negativo para ambos.



Fonte: PRF

Polícia prende suspeitos de tráfico de drogas durante mandado de busca e apreensão em Imperatriz


A Polícia Civil, através de equipe do 1ºDP e de integrantes do Grupo de Pronto Emprego da 10ªDRI, sob coordenação do Delegado Carlos Cezar de Andrade, prenderam na manhã de hoje, em Imperatriz, o nacional MAGNO CANTUÁRIO MATOS, 24 anos de idade, suspeito de traficar drogas. 

Os policiais davam cumprimento a um mandado judicial de busca e apreensão domiciliar em uma casa, na Rua São Paulo, Bairro Beira-Rio, em desfavor de ANTONIO BRITO DE MATOS, de 63 anos de idade, vulgo “TOINHO DO APOSENTO”, contra o qual diversas pessoas, principalmente idosas, o acusam de, sob a falsa promessa de obtenção de benefício previdenciário (aposentadorias e BPC), receber importâncias em dinheiro. Uma das vítimas, uma mulher de 84 anos de idade, chegou a repassar a ANTÔNIO R$ 11.580,00, com a promessa de rápida aposentadoria.

“TOINHO” recebia documentos das vítimas e grande quantidade de documentos de vítimas foi encontrada no imóvel. Por sua vez, o suspeito de tráfico de drogas, MAGNO é filho de “TOINHO DO APOSENTO” e, ao perceber a presença da Polícia em sua casa, escondeu maconha e porção menor de cocaína, uma balança de precisão e material plástico para embalar a droga vendida. 

Os policiais civis perceberam a manobra do acusado e apreenderam o entorpecente e o material para pesar e embalar ele foi autuado em flagrante delito pela prática do crime previsto no artigo 33 da Lei de Drogas e será encaminhado à Unidade Prisional de Imperatriz (UPRI), antiga CCPJ.


Roberto Rocha deve ser o relator do projeto sobre divisão do Maranhão

O senador Roberto Rocha (PSDB) deve ser o relator do Projeto de Decreto Legislativo nº 509/2019, que propõe a realização de um plebiscito sobre a separação do Maranhão, com a consequente criação do Maranhão do Sul.

A proposta, de autoria do senador Siqueira Campos, do DEM do Tocantins, já está na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado.

Se aprovado, o projeto obrigará o Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE-MA) a realizar o plebiscito.

Senador do Tocantins quer criar Maranhão do Sul

segunda-feira, 19 de agosto de 2019

O senador Siqueira Campos (DEM), do Tocantins, protocolou no Senado Federal um projeto de decreto legislativo para a criação do Estado do Maranhão do Sul. A proposta já está tramitando na CCJ do Senado e prevê a divisão do Maranhão. A senadora do Maranhão, Eliziane Gama (Cidadania), também assina o projeto. Veja aqui o projeto na íntegra.

O senador cita entre as justificativas para o projeto a diferença de colonização entre a região norte e sul do estado. Se o projeto for aprovado, o Tribunal Regional do Maranhão realizaria um plebiscito para que a população maranhense decida pela divisão ou não do Estado.

De acordo com o projeto de Siqueira Campos, o Maranhão do Sul seria composto pelos seguintes municípios: Açailândia, Alto Parnaíba, Amarante do Maranhão, Arame, Balsas, Barra do Corda, Benedito Leite, Bom Jesus das Selvas, Buriticupu, Buritirana, Campestre do Maranhão, Carolina, Cidelândia, Davinópolis, Estreito, Feira Nova do Maranhão, Fernando Falcão, Formosa da Serra Negra, Fortaleza dos Nogueiras, Governador Edison Lobão, Grajaú, Imperatriz, Itaipava do Grajaú, Itinga do Maranhão, Jenipapo dos Vieiras, João Lisboa, Lajeado Novo, Loreto, Mirador, Montes Altos, Nova Colina, Nova Iorque, Pastos Bons, Porto Franco, Riachão, Ribamar Fiquene, Sambaíba, São Domingos do Azeitão, São Félix de Balsas, São Francisco do Brejão, São João do Paraíso, São Pedro da àgua Branca, São Pedro dos Crentes, São Raimundo das Mangabeiras, Senador La Roque, Sítio Novo, Sucupira do Norte, Tasso Fragoso, e Vila Nova dos Martírios.

G1 MA

Prefeitura inicia recuperação da Rua Cel. Manoel Bandeira, em Imperatriz


A Prefeitura de Imperatriz, por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos, Sinfra, iniciou nesta segunda-feira, 19 de agosto, os serviços de recuperação da Rua Cel. Manoel Bandeira, entre as ruas Euclides da Cunha e Henrique Dias, Bacuri. Medida visa normalizar o tráfego de veículos e a mobilidade urbana na via danificada por causa das fortes chuvas do inverno passado.

De acordo com o coordenador de Obras da Sinfra, Joselito Sultepa, trabalho iniciou com a desobstrução da rua e a colocação de piçarramento para execução dos serviços de terraplanagem e compactação da base e, posteriormente, recebimento da malha asfáltica para melhorar o acesso de veículos na Rua Cel. Manoel Bandeira.

O auxiliar de serviços gerais, João Leal Júnior, lembra que a “enxurrada da água da chuva destruiu o asfalto da Rua Cel. Manoel Bandeira causando diversos transtornos aos moradores e à mobilidade urbana no Bacuri. As erosões ficaram no meio da pista, chegando a interditar a rua, serviço paliativo chegou a ser feito, mas agora esperamos que venha o asfalto”, disse.

Leal Júnior diz que “a recuperação da via representa um anseio de todos os moradores, evitando que tenham que fazer o retorno por outro quarteirão para prosseguir pela rua Cel. Manoel Bandeira, no sentido Bacuri-Centro”.

O secretário de Infraestrutura, Zigomar Filho, dá mais detalhes. "A determinação do prefeito Assis Ramos é que sejam feitos os serviços de terraplanagem e logo em seguida a recomposição da camada asfáltica na rua Cel. Manoel Bandeira. Todo esforço do governo Assis é feito para melhorar as condições de acesso das vias dos bairros e povoados de Imperatriz”, concluiu.

PRF prende condutor embriagado na BR 010, em Imperatriz

Na tarde desta segunda-feira (19), por volta das 15h20, uma equipe da PRF compareceu no km 256 da BR 010, para atender acidente sem vítimas envolvendo um possível condutor embriagado, que teria perdido o controle do veículo saindo da Av. JK para entrar na BR 010, km 256.

Após o envolvido ser submetido a exame de alcoolemia, constatou-se o teor de 1.04 miligramas de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões. Ele dirigia uma VW/Saveiro de cor azul.

Conduzido encaminhado à Polícia Civil em Imperatriz/MA pelo crime de embriaguez ao volante.

Fonte: PRF

Colisão frontal na BR-010 deixa uma vítima fatal e outra ferida, em Imperatriz

O condutor de um FIAT Uno, identificado como Francisco Pereira Rosa, 33 anos, foi vítima fatal de acidente que aconteceu por volta das 11h05, desta segunda-feira (19), na BR-010, no perímetro urbano de Imperatriz.

Segundo informações da PRF, um caminhão que seguia no sentido crescente da rodovia federal (Imperatriz/Açailândia) realizou manobra de ultrapassagem em local proibido pela sinalização horizontal, ocasionando uma forte colisão frontal com o automóvel Fiat/Uno que seguia no sentido contrário.

O condutor do Fiat Uno não resitiu e veio a óbito no local. A passageira identificada como Neidiana Mendes Bezerra, 40 anos, ficou gravemente ferida e foi socorrida pelo SAMU até o Socorrão de Imperatriz.

Após perícia da PRF e do ICRIM, o corpo da vítima foi encaminhado para o IML de Imperatriz.

O motorista do caminhão, um senhor de 62 anos, prestou imediato socorro às vítimas. A PRF permaneceu no local até às 13h30, após a retirada dos veículos do leito da BR.



Tio e sobrinha morrem afogados no Rio Tocantins, em Imperatriz

Uma criança de cinco anos e o tio dela morreram afogados nesse domingo (18), no Rio Tocantins, na região de Imperatriz.

Um grupo se divertir em uma praia, quando uma menina, identificada como Mariana, desapareceu nas águas.

Na tentativa de socorrer a vítima, parentes e amigos entraram no rio, e o tio, Rubem Exdro Lima, de 33 anos, acabou se afogando também.

Todos que tentaram salvar a pequena Mariana tiveram que ser socorridos. Na manhã desta segunda-feira (19), foram retomadas as buscas pela criança, que ainda está desaparecida. O corpo de Rubem Exdro foi retirado das águas.
 
Produzido por Dicamax Tecnologia e Comunicação | Portfólio | Serviços
Copyright © 2014. Blog do Jhivago Sales - Todos os Direitos Reservados
Entre em contato conosco para críticas e sugestões
Ficamos muito felizes com sua visita